français
english
Qua 25 Mai

Aeroportos de Moçambique atingiu 40 milhões em volume de negócios em 2017

Publicado em 18/06/2018
A empresa Aeroportos de Moçambique (ADM) alcançou, em 2017, um volume de negócios de 2,8 mil milhões de meticais (40 milhões de euros), anunciou esta segunda-feira o presidente do Conselho de Administração da instituição.

“Este valor representa um crescimento de 2% comparado com os resultados de 2016”, afirmou Emanuel Chave, falando durante a reunião de balanço das atividades de 2017 que juntou em Maputo quadros e parceiros da instituição.

Apesar dos bons resultados, observou o presidente do Conselho de Administração da empresa, os aeroportos moçambicanos registaram, em 2017, um decréscimo no que respeita à procura em 6,3% face ao ano anterior. “O movimento das aeronaves teve um decréscimo de 12,6% comparado com o ano anterior e na componente de manuseamento de carga houve um cumprimento do plano em 97,3%, mas um decréscimo de 4% quando comparado com o ano anterior”, acrescentou Emanuel Chave, que não abordou a questão da dívida da empresa.

Em abril, a organização da sociedade civil Centro de Integridade Pública (CIP) alertou para a dívida acumulada da ADM, considerando que a empresa precisa de reformas profundas. “A análise das atividades e fluxos financeiros da ADM leva à conclusão que, neste momento, em Moçambique, não existem recursos necessários para que esta empresa possa seguir operando sem reformas profundas”, referiu o CIP, numa nota de análise consultada na altura pela Lusa

Em 2016, o mais recente exercício analisado pelo CIP, o prejuízo da ADM aumentou 3.000 milhões de meticais (43 milhões de euros), registados em 2015, para 7.700 milhões de meticais (111 milhões de euros).
TEMPO EM MAPUTO

61°F
16°C
Neblina
Humidade: 94%
Vento: N a 4km/h
Detalhes e previsões




Log in
Contactos
Saiba mais
2013-2019 Aeroporto-Maputo.com.